×

A ARCORES realiza há uma década seu programa de apadrinhamento de crianças no Panamá, Venezuela, Brasil, Guatemala, Peru, Colômbia, Equador, Argentina e República Dominicana.

Mais de 6.000 crianças nestes anos conseguiram concluir seus estudos e ter uma infância completa, em contextos nos quais a pobreza e a violência as afetam diretamente.

O programa requer uma constante criatividade por parte dos responsáveis, um comprometimento fiel dos padrinhos e madrinhas e uma atenção cuidadosa na gestão da organização.

Por trás de cada apadrinhamento há um número significativo de pessoas trabalhando, o que requer um grande esforço de gestão: padrinhos e madrinhas, pessoal da sede, gerentes em cada local onde se desenvolve o programa, famílias e voluntários que ajudam nas atividades necessárias para que o objetivo do apadrinhamento seja sempre a promoção da educação.

O trabalho requer, também, fazer visitas às famílias das crianças, reuniões de treinamento, bem como o gerenciamento e a compra de materiais. Em 2017, mil duzentos e dez menores - meninos e meninas - foram assistidos por meio do apadrinhamento, em 21 centros localizados em nove países. No total, o programa de apadrinhamento da ARCORES conta atualmente com 1.119 padrinhos. Destes, 836 são de diferentes cidades da Espanha, enquanto 283 da cidade do Rio de Janeiro (Brasil).

“Graças a sua valiosa ajuda superei mais uma etapa da minha vida. Espero que, com esforço e sabedoria, eu continue meu ensino básico e faça parte do quadro de honra da escola." Cristina Gutiérrez - Totonicapán (Guatemala)

Quer ser padrinho da ARCORES? Contamos com você.

Torne-se um padrinho. Com uma contribuição mensal de R$ 50,00, você permitirá que uma criança em risco de exclusão social possa ir à escola e viver plenamente sua infância.
Você pode fazer sua transferência bancária para: Associação Brasileira Haren Alde Caixa Econômica, Agencia 0218 Conta corrente 2184-9 op:003 CNPJ: 07373949/0001-86
TOP