ARCORES realiza importante trabalho na promoção do trabalho em Belém do Pará Todas as pessoas sem exclusão têm direito a um trabalho decente. É o que exigem as principais organizações neste 1º de maio e nessa linha a ARCORES trabalha para favorecer a inserção de todos no mundo do trabalho. No Centro Social Santo Agostinho,

Desde 2017, el Lar Santa Mónica desenvolve um programa de proteção judicial para 32 meninas e adolescentes, de 5 a 20 anos, vítimas de violência sexual, graças ao apoio da Ordem dos Advogados de Málaga e ARCORES Espanha. O objetivo deste projeto é melhorar, agilizar, acelerar, otimizar as intervenções jurídicas que permitam a inserção familiar

O Sudeste brasileiro foi atingido por chuvas torrenciais que afetaram principalmente as populações de Castelo e Cachoeiro de Itapemirim, dois municípios do Estado do Espírito Santo onde a Ordem está presente. Para fazer face a esta emergência humanitária, ARCORES Brasil, em conjunto com a Câmara Municipal de Castelo e outras paróquias agostinianas, trabalharam imediatamente para

Tagged under:

A resposta que os ARCORES nacionais estão dando à pandemia continua avançando. Isso foi confirmado pela equipe de implantação da rede ARCORES em sua reunião da última quinta-feira, 4 de junho. Todos os ARCORES têm iniciativas em curso e a grande maioria dos ARCORES Nacionais tem um plano de resposta ao COVID-19 ou encontram-se em

As Agostinianas Recoletas do Coração de Jesus – pertencentes a ARCORES – têm dirigido três casas de repouso na Venezuela. O Lar de Idosos San Jose em Maracay, o Lar Monsenhor Lopez Aveledo em La Victoria, ambos no estado de Aragua e o Lar Dr. Luis Lizarraga em San Felipe, estado de Yaracuy. Desde que

Las Agustinas Recoletas del Corazón de Jesús -perteneciente a ARCORES- llevan en Venezuela tres residencias de ancianos. El ancianato San José en Maracay, la Casa Hogar Monseñor López Aveledo en La Victoria, ambos en el estado de Aragua y la Casa Hogar Dr. Luis Lizarraga en San Felipe, estado Yaracuy. Desde que el pasado 14

A Ordem dos Agostinianos Recoletos – como parte da Rede Internacional de Solidariedade Agustina Recoleta ARCORES – também está fazendo a sua parte, o melhor que pode, para apoiar as pessoas que lutam contra o coronavírus na mais alarmante situação da pandemia em o mundo. Além da oração e das iniciativas virtuais, as Províncias Santo

A Província de Santo Tomás de Villanueva da Ordem dos Agostinianos Recoletos, integrante da Rede Internacional de Solidariedade ARCORES, transferiu o prédio do Seminário San Agustín para a Secretaria Municipal de Saúde de Maringá, no estado do Paraná. para servir de pausa para a equipe médica no combate à pandemia. Lá ficarão os profissionais de